A cada dia que passa a Marvel encanta mais uma parte da população com as suas super (no sentido literal da coisa) produções. Você assiste o filme e pensa "esse com certeza é o melhor filme da Marvel" e no outro dia, "BUM", Marvel anuncia um outro filme que só de assistir o trailer você apaixona.

Na última terça-feira, 13 de março, eu fui ao cinema prestigiar o tão comentado Pantera Negra. E pensando no quanto a história me agradou, resolvi fazer uma resenha para vocês. Sem spoilers, eu prometo! Pelo menos não vou contar que ele morre no final! Hahaha, brincadeira. Ou não.

A história do Pantera Negra se passa em Wakanda, um reino fictício da África. Para quem não assistiu o filme Capitão América: Guerra Civil e não quiser receber spoilers, sugiro que pule este parágrafo. Tipo agora mesmo! Pulou? Ok, vamos continuar! Em Capitão América: Guerra Civil, a Marvel introduziu o Pantera Negra ao universo cinematográfico dos heróis quando mostra a trágica morte do rei T'Chaka, pai de T'Challa.

Então, no início de Pantera Negra podemos ver T'Challa assumindo o trono. A produção teve todo o cuidado de demonstrar a cultura deles, o modo como eles assumem o trono... É incrível! Você consegue perceber, durante todo o filme, costumes que o povo de Wakanda tem. Pude perceber que o pessoal no cinema achou engraçado os costumes deles, mas é simplesmente incrível! É diferente, acho que tudo que é diferente me fascina. Enfim, voltando ao foco!

A produção consegue passar o valor das nossas atitudes. O quanto algo que você fizer hoje pode interferir na sua vida daqui alguns anos. Além, é claro, da incrível lição que o filme passa sobre ajudar o próximo. Vou explicar isso direito. No filme, Wakanda sobrevive por muito tempo escondido do mundo com as suas tecnologias avançadas e todo o poder de fogo, protegendo o seu próprio povo enquanto o mundo aqui fora vive em guerra e destruição. Com todos os acontecimentos, T'Challa resolve seguir o seu próprio instinto e fazer o que ele, como rei de Wakanda, acha correto. E aí entra a nossa lição. Muitas vezes deixamos de ajudar o próximo porque estamos preocupados demais com a nossa própria proteção. Não tem como saber se uma atitude sua pode prejudicar a sua vida ou ajudar, entende? Se você ver que tem a possibilidade de ajudar, porque não fazer?

Para quem procura ação e super heróis, assistam! Para quem não procura, assiste também! Você vai voltar pra casa com uma visão diferente do mundo e vai ganhar uma surra, no bom sentido da palavra, de costumes e tradições novas. E ah, se você já assistiu o filme nas telonas, deixa aqui nos comentários o que achou!

Ah, e para quem ficou interessado, assista o trailer! Garanto que vai te deixar com ainda mais vontade de assistir ao filme.


Beijos de luz, Lore.